Arte: Leonardo Da Vinci

Leonardo e a temática na questão da natureza

Da Vinci se destaca pela insaciável curiosidade pelas questões que circundavam sua vida. Isso permitiu que ele explorasse as formas e a diversidade da natureza, do homem e a relação deles no campo científico.

A mesma curiosidade de buscar um embasamento científico para suas dúvidas encontrou na arte a busca por novas formas, aquela que propiciasse maior liberdade nas formas, uma percepção mais natural e realista.

Continuar lendo “Arte: Leonardo Da Vinci”

Anúncios

O que é arte?

    Arte significa muitas coisas. Não há um sentido único. Sempre teremos o artista e sua expressão artística.

“A arte representa a compreensão mais profunda e as mais altas aspirações do seu criador” – H.W. Janson.

    Essa indefinição trouxe problemáticas como o conceito de “belo” e ” feio”.

    O feio não é o oposto do belo. O belo é histórico, assim como o feio. A beleza está no plano do sensível. Devemos preceber os valores estéticos na imagem e seu significado, contexto.

    A arte nos propõe uma experiência estética, a possibilidade de utilizar a ideia como fator de compreensão e captação do sensível.

    A arquitetura é principalmente baseada na experiência estética.

    Na arquitetura a estética é trabalhada de forma racional, de forma que esta seja aplicável no espaço onde será concebida. Desta forma estética e lógica representam a forma e função, num alicerce que resulta em composições arquitetônicas que se distinguem de meras construções. Elas tem valor artístico e social devido sua inserção no ambiente, geralmente urbano, e seu impacto na composição paisagística.

    A arquitetura vaia além do edifício ou construção. A arquitetura está presente também em pontes, torres, e espaços abertos como praças, parques. A relação destes espaços em uma cidade, por exemplo, é denominada composição urbana.

      Em breve falarei sobre estética e arte. Até mais.